PENSANDO NO DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO NORTE: ESTRUTURA PRODUTIVA E DESIGUALDADES INTERMUNICIPAIS DE RENDA

Pod 008 Imgs 01 (1)
Para contribuir com o debate de ideias e a conscientização política, não apenas de seus quadros, mas também de todo cidadão e eleitor, a Fundação Podemos iniciará a publicação de estudos e ideias sobre o desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Norte, em uma coletânea chamada Pensando o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. O primeiro estudo apresenta um panorama sobre a estrutura produtiva e as desigualdades intermunicipais de renda no Estado. Muitos são os desafios socioeconômicos do RN. O que os dados têm apontado é que nas últimas décadas os desequilíbrios regionais no Estado cresceram consideravelmente nos aspectos de renda, salário, emprego e produção, entre outros, além de ter havido uma piora nos indicadores sociais. Sabemos que o atual quadro negativo não se restringe ao nosso estado, pois é, em parte, reflexo generalizado dos efeitos produzidos pela pandemia. No entanto isso não nos exime de pensar nossos problemas e propor soluções para eles. Soluções para o curto, médio e longo prazo, pois, como o estudo demonstra, há um movimento mais longo de subaproveitamento das potencialidades econômicas de algumas importantes regiões. Assim, esse é o momento de conhecer melhor a realidade do estado e de cada região a fim de propor soluções corretas e urgentes.