Destaques da Semana (22/10 – 28/10)

Neste clipping, reunimos as principais notícias nacionais da semana: TSE devolve a Lula 116 direitos de resposta em propaganda de Bolsonaro; Roberto Jefferson se entrega após atacar policiais federais com granadas e fuzil e passar 8 horas desrespeitando ordem do STF; Bolsonaro questiona inserções de rádio e pede suspensão de programa de Lula; sem provar, Bolsonaro diz que Forças não garantem ‘credibilidade’ das urnas; Moraes nega pedido para investigar inserções nas rádios e diz que campanha de Bolsonaro pode ter agido para ‘tumultuar’ as eleições; a 3 dias da eleição, Datafolha aponta Lula com 53%; Bolsonaro tem 47%; e mais.

Sábado, 22 de outubro de 2022

TSE devolve a Lula 116 direitos de resposta em propaganda de Bolsonaro/UOL (22.10)

“O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu hoje (22), por unanimidade, devolver ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) os pedidos de direitos de resposta no tempo de propaganda eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PL).”

Fachin rejeita pedido da PGR contra norma que amplia poder do TSE/Poder360 (22.10)

“O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin rejeitou pedido da PGR (Procuradoria Geral da República) contra trechos da resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que aumenta os poderes da Corte Eleitoral para remover conteúdos de redes sociais. A decisão foi tomada de forma monocrática neste sábado (22.out.2022). Leia a íntegra (276 KB).”

Domingo, 23 de outubro de 2022

“O ex-deputado Roberto Jefferson se entregou à polícia na noite deste domingo (23) após atacar policiais federais e passar 8 horas desrespeitando ordem do Supremo Tribunal Federal (STF).”

“Essa gente quer construir democracia ou barbárie?”, diz Lula em live/Metrópoles (23.10)

“Candidato do PT à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva participou de uma live com os youtubers Cauê Moura e Load Comics, no canal Desce a Letra Show, na noite deste domingo (23/10). Na conversa que durou pouco mais de duas horas, o petista afirmou que esta é a eleição mais importante que ele já participou. Ele também criticou a campanha de seu adversário, o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL).”

Tiroteio interrompe ato de campanha em apoio a Lula em Macaíba (RN)/CNN (23.10)

“Um tiroteio interrompeu um ato da governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na cidade de Macaíba, na Grande Natal, por volta de 18h deste domingo (23). Segundo a Polícia Civil, duas pessoas ficaram feridas.”

Segunda-Feira, 24 de outubro de 2022

Ministério dos Direitos Humanos não gastou um real com políticas LGBT/Metrópoles (24.10)

“O Ministério dos Direitos Humanos não gastou um real sequer em políticas públicas para a população LGBT neste ano. A única despesa reservada no orçamento com esse destino seria de uma emenda parlamentar, mas a pasta não usou o dinheiro.”

Bolsonaro questiona inserções de rádio e pede suspensão de programa de Lula/UOL (24.10)

“A campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu ao presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Alexandre de Moraes, que determine a imediata suspensão da propaganda de rádio da coligação Brasil da Esperança, do ex-presidente Lula (PT).”

Moraes dá 24 h para campanha de Bolsonaro mostrar prova de fraude em rádios/UOL (24.10)

“O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Alexandre de Moraes, determinou que em 24 horas a coligação do presidente Jair Bolsonaro (PL) apresente provas da acusação de que houve fraudes nas inserções da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em emissoras de rádio.”

Moraes restringe acesso de advogados a Roberto Jefferson e OAB vai ao Supremo sob argumento de que decisão “viola prerrogativa da advocacia”/CNN (24.10)

“Após o ministro Alexandre de Moraes restringir o contato do ex-deputado Roberto Jefferson com seus advogados, o Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que garanta as prerrogativas da defesa do ex-parlamentar.”

STF devolve a Paulo Dantas cargo de governador de Alagoas/Poder360 (24.10)

“Os ministros Gilmar Mendes e Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), derrubaram nesta 2ª feira (24.out.2022) a decisão que afastou Paulo Dantas (MDB) do cargo de governador de Alagoas.”

Terça-Feira, 25 de outubro de 2022

Sem provar, Bolsonaro diz que Forças não garantem ‘credibilidade’ das urnas/UOL (25.10)

“O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) declarou, sem apresentar provas, que as Forças Armadas dizem ser “impossível dar um selo de credibilidade” às urnas eletrônicas usadas nas eleições brasileiras. A declaração foi dada em entrevista ao comentarista político norte-americano Ben Shapiro na quinta-feira passada, transmitida no domingo (23).”

Mendonça rejeita pedidos de investigação de Bolsonaro por fala sobre meninas venezuelanas/G1 (25.10)

“O ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou nesta terça-feira (25) pedidos para investigar o presidente Jair Bolsonaro pelas declarações sobre garotas venezuelanas.”

Equipe de Tarcísio mandou cinegrafista apagar vídeo de tiroteio em Paraisópolis; ouça áudio/Folha (25.10)

“Áudio obtido pela Folha aponta que um integrante da campanha de Tarcísio de Freitas (Republicanos) mandou um cinegrafista da Jovem Pan apagar imagens do tiroteio que terminou com um suspeito morto e interrompeu agenda do candidato em Paraisópolis, na zona oeste de São Paulo, no último dia 17.”

Jefferson volta a ofender Cármen Lúcia em audiência de custódia/Poder360 (25.10)

“O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) voltou a ofender a ministra Cármen Lúcia, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do STF (Supremo Tribunal Federal), durante a audiência de custódia realizada na 3ª feira (25.out.2022) que confirmou a sua prisão em flagrante.”

STF mantém resolução do TSE contra fake news/CNN (25.10)

“O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria, nesta terça-feira (25), em plenário virtual, a favor de manter uma decisão do ministro Edson Fachin que negou um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para barrar resolução aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre fake news.”

Quarta-Feira, 26 de outubro de 2022

“O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, negou na noite desta quarta-feira (26) pedido da campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) para investigar a alegação de irregularidades em inserções eleitorais por emissoras de rádios.”

Rádios dizem ter provas para contestar relatório usado por Bolsonaro contra TSE/Folha (26.10)

“Os dados do relatório encaminhado pela coligação de Jair Bolsonaro (PL) ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com alegações de supressão de inserções eleitorais do presidente em estados do Nordeste são contestados por ao menos 6 das 8 rádios citadas pela campanha.”

Bolsonaro convoca comandantes das Forças após decisões do TSE/Poder360 (26.10)

“O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) convocou às pressas ministros de governo e comandantes das Forças Armadas para reunião extraordinária no Palácio da Alvorada nesta 4ª feira (26.out.2022). O chefe do Executivo antecipou a volta para a capital federal.”

Poliomielite: Cidades sorteiam ingresso de circo e até bicicleta para criança que tomar vacina/Estadão (26.10)

“SOROCABA – Busca de não vacinados pelo aplicativo WhatsApp, distribuição de ingressos para circo e até sorteios de bicicletas estão entre as estratégias de prefeituras de vários Estados do Brasil para ampliar a cobertura vacinal contra a poliomielite. Até esta terça-feira, 25, o índice estava em 70%, quando o ideal é vacinar 95% das crianças com menos de 5 anos. Falta imunizar 3,4 milhões nessa faixa etária em todo o País, segundo o Ministério da Saúde.”

Quinta-Feira, 27 de outubro de 2022

Denúncias de assédio eleitoral crescem mais de 2.500% no segundo turno; MPT investiga/Estadão (27.10)

“Na reta final da campanha presidencial do segundo turno, casos de constrangimento para forçar eleitores a escolherem um ou outro candidato cresceram em todo o Brasil. Dados do Ministério Público do Trabalho (MPT) apontam que somente as denúncias de assédio eleitoral contra trabalhadores da iniciativa privada e servidores aumentaram 2.577% entre o primeiro e o segundo turnos da eleição. O órgão afirmou que não classifica as denúncias de acordo com os partidos políticos.”

Novo suspende filiação de Amoêdo, que reiteira voto em Lula/UOL (27.10)

“O partido Novo informou hoje que suspendeu a filiação de João Amoêdo. A legenda não deu detalhes sobre o motivo da suspensão, mas disse que ele teria cometido “possíveis violações” ao estatuto do partido.”

QG de Bolsonaro chega à reta final rachado; presidente estuda ‘saída Aécio’/UOL (27.10)

“A três dias do segundo turno da eleição, a campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) vive momentos de altos e baixos e de muitas discussões sobre os rumos que serão tomados após o resultado de domingo (30).”

A 3 dias da eleição, Datafolha aponta Lula com 53%; Bolsonaro tem 47%/Metrópoles (27.10)

“A nova pesquisa do Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (27/10), a três dias do segundo turno, aponta o candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à frente com 53% dos votos válidos. Jair Bolsonaro (PL), que disputa a reeleição, pontuou 47%.”

Coligação de Lula apresenta notícia-crime contra Beto Carrero/Poder360 (27.10)

“A coligação Brasil da Esperança, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apresentou nesta 5ª feira (27.out.2022) uma notícia-crime ao MPE (Ministério Público Eleitoral) em que pede uma apuração contra o Beto Carrero World por possível crime eleitoral. Eis a íntegra (747 KB).”

Covid-19: mais de 1 mês após aprovação da Anvisa, Saúde recebe vacinas para crianças a partir de 6 meses/G1 (27.10)

“O Ministério da Saúde recebeu nesta quinta-feira (27) cerca de 1 milhão de doses da vacina pediátrica da Pfizer contra a Covid-19 para a imunização de bebês a partir de 6 meses até crianças de 3 anos.”

Sexta-Feira, 28 de outubro de 2022

Servidor do TSE muda versão e diz que apenas alertou falha na ‘suspensão’ de programas/Estadão (28.10)

“BRASÍLIA – O servidor Alexandre Gomes Machado, exonerado da função de confiança no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mudou sua versão sobre os alertas que alegou ter feito à Corte sobre problemas na fiscalização das inserções de propaganda eleitoral – peças publicitárias dos candidatos com 30 segundos de duração. Ao Estadão, Machado declarou ter relatado, após as eleições de 2018, queixas de descumprimento de ordens para suspensão de inserções na TV.”

Veja as distâncias atualizadas entre Lula e Bolsonaro nas principais pesquisas eleitorais/O Globo (28.10)

“As pesquisas de intenções de voto divulgadas na última semana da campanha presidencial indicam que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chega às vésperas da votação em vantagem em relação ao candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL). As distâncias entre os dois adversários aferidas por Ipec, Datafolha, Quaest e Ipespe variam de cinco a sete pontos percentuais.”

Justiça fixa multa de R$ 100 mil se Beto Carrero fizer propaganda política/Folha (28.10)

“Após divulgar uma promoção para incentivar eleitores do PT a não votarem no segundo turno das eleições, o parque temático Beto Carrero World foi proibido pelo TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina) de realizar propaganda eleitoral, sob pena de multa de R$ 100 mil por publicação.”

Passe livre eleitoral avança 135% no 2º turno e chega a 193 municípios/Folha (28.10)

“O total de municípios brasileiros que terão passe livre nos ônibus para o segundo turno das eleições, domingo (30), cresceu 135%, saltando de 82 para 193, após uma decisão favorável do STF (Supremo Tribunal Federal).”

Autor: Heloísa Cristina Ribeiro

Heloísa Cristina Ribeiro é bacharel em Ciências e Humanidades e Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Federal do ABC. Foi membro do Grupo de Estudos do Sul Global (GESG/UFABC), do comitê Gestor de Direitos Humanos da UFABC e atuou como Diretora de Assuntos LGBT do Diretório Central dos Estudantes na mesma instituição. Atualmente integra o time de Estudos e Pesquisas da Fundação Podemos.

Esse conteúdo não representa, necessariamente, a opinião da Fundação Podemos.