Clipping Internacional (30/07 – 05/08)

Neste clipping, reunimos as principais notícias internacionais da semana: apoiadores do líder xiita al-Sadr invadem Parlamento iraquiano; protestos, bloqueios de estradas e tiroteios elevam a tensão entre Sérvia e Kosovo; EUA matam Ayman al-Zawahiri, principal líder da Al Qaeda; Cristina Kirchner é acusada de liderar matriz de corrupção na Argentina; Biden assina novo decreto para facilitar acesso ao aborto nos EUA; China dispara mísseis sobre Taiwan pela primeira vez e aumenta tensão na região; e mais.

Sábado, 30 de julho de 2022

Apoiadores do líder xiita al-Sadr invadem Parlamento iraquiano, onde pretendem ficar até ‘nova ordem’/O Globo (30.07)

“Apoiadores do líder xiita Moqtada al-Sadr invadiram o Parlamento iraquiano neste sábado, onde pretendem ficar até segunda ordem, depois de entrarem na área ultraprotegida de Bagdá pela segunda vez em poucos dias. Na última quarta-feira, manifestantes invadiram o local em protesto contra o primeiro-ministro proposto pelo bloco xiita rival, aprofundando a crise política que abala o Iraque desde as eleições de outubro passado.”

Domingo, 31 de julho de 2022

Putin lança doutrina naval com EUA como maior rival e ambição expansionista/Folha (31.07)

“O presidente Vladimir Putin assinou neste domingo (31) uma nova doutrina naval para a Rússia, que define os Estados Unidos como o principal rival do país e amplia as ambições marítimas do Kremlin para além de áreas consideradas cruciais, como o Ártico e o mar Negro.”

Protestos, bloqueios de estradas e tiroteios elevam a tensão entre Sérvia e Kosovo/O Globo (31.07)

“Uma disputa sobre regras de imigração reacendeu disputas entre os governos da Sérvia e do Kosovo, 14 anos depois do território declarar independência em relação a Belgrado, e a nova crise já é vista com preocupação ao redor da Europa.”

Segunda-Feira, 1º de agosto de 2022

EUA matam Ayman al-Zawahiri, principal líder da Al Qaeda, diz Biden/O Globo (01.08)

“Na reta final do julgamento que apura irregularidades em 50 obras públicas em Santa Cruz, o Ministério Público argentino acusou Cristina Kirchner, hoje vice-presidente, por suspeita de corrupção e de ter liderado — junto com seu falecido marido — “uma associação ilegal de pirâmide” destinada fraudar o Estado por meio do desvio de recursos públicos que deveriam ter sido destinados à infraestrutura rodoviária. Se for condenada, Cristina poderia perder seus direitos políticos.”

Nancy Pelosi inicia viagem pela Ásia criticada por Xi Jinping; Taiwan é dúvida/G1 (01.08)

“Apesar das ameças do governo chinês, o presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, a democrata Nancy Pelosi, iniciou nesta segunda-feira (1º) uma viagem pela Ásia.”

China promete reação militar a visita de deputada dos EUA a Taiwan/Folha (01.08)

“A provável visita da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, a democrata Nancy Pelosi, a Taiwan, está se tornando um choque diplomático de grandes proporções com o principal rival de Washington na Guerra Fria 2.0, a China.”

Em reta final de julgamento, MP acusa Cristina Kirchner de liderar ‘associação ilegal de pirâmide’ em obras superfaturadas/O Globo (01.08)

“Na reta final do julgamento que apura irregularidades em 50 obras públicas em Santa Cruz, o Ministério Público argentino acusou Cristina Kirchner, hoje vice-presidente, por suspeita de corrupção e de ter liderado — junto com seu falecido marido — “uma associação ilegal de pirâmide” destinada fraudar o Estado por meio do desvio de recursos públicos que deveriam ter sido destinados à infraestrutura rodoviária. Se for condenada, Cristina poderia perder seus direitos políticos.”

Terça-Feira, 02 de agosto de 2022

Cristina Kirchner é acusada de liderar matriz de corrupção na Argentina/Folha (02.08)

“A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, foi acusada por promotores nesta segunda-feira (1º) de criar e liderar uma “extraordinária matriz de corrupção” ao lado de seu marido, Néstor Kirchner (1950-2010), durante o período em que comandaram o país.”

Pelosi chega a Taiwan, e Pequim anuncia série de ações militares ao redor da ilha/O Globo (02.08)

“A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, a democrata Nancy Pelosi, chegou nesta terça-feira a Taiwan, na primeira visita de um integrante do alto escalão americano à ilha desde 1997, acirrando a tensão já elevada nas relações entre Pequim e Washington. Apesar das promessas da Casa Branca de que tudo transcorrerá “em segurança”, a China, que considera a ilha autogovernada parte do seu território, disse que a visita representa uma violação de sua soberania e iniciou manobras militares na região, incluindo nos arredores de Taiwan.”

Artigo: Por que a visita de Pelosi a Taiwan é totalmente imprudente/O Globo (02.08)

“Tenho muito respeito pela presidente da Câmara americana, Nancy Pelosi. Mas, ao levar adiante a visita a Taiwan nesta terça-feira, contra a vontade do presidente Joe Biden, ela faz algo totalmente imprudente, perigoso e irresponsável.”

Manifestações contra missão de paz da ONU na República Democrática do Congo deixaram 36 mortos/O Globo (02.08)

“Um novo balanço oficial provisório das autoridades da República Democrática do Congo (RDC) contabilizou 36 mortos, dos quais quatro capacetes azuis das forças de estabilização da ONU e 32 manifestantes, e 170 feridos durante a semana de protestos contra a Missão das Nações Unidas no país, a Monusco, em cidades do Leste do país. Um primeiro levantamento informava ao menos 19 mortos e dezenas de feridos.”

Quarta-Feira, 3 de agosto de 2022

Massa assume como superministro na Argentina e anuncia medidas de austeridade: ‘Não sou super nada’/O Globo (03.08)

“Ao tomar posse como novo superministro da Economia da Argentina, Sergio Massa anunciou suas primeiras medidas para ordenar as finanças públicas e combater a inflação, que qualificou de “a maior fábrica de pobreza” do país. Como esperado, o ministro anunciou medidas de austeridade, como o aumento das tarifas de energia para quem mais consome e o congelamento na contratação de funcionários públicos, e ratificou a meta de redução do déficit fiscal para 2,5% do PIB para este ano acertada com o Fundo Monetário Internacional (FMI), com o qual teve uma reunião “produtiva” nesta quarta-feira.”

Direito ao aborto: como Kansas, Estado com maioria conservadora, decidiu manter permissão/BBC (03.08)

“O Estado do Kansas, nos Estados Unidos, decidiu em um referendo proteger os direitos ao aborto — em uma vitória dos chamados grupos pró-escolha, que são a favor desse direito.”

Biden assina novo decreto para facilitar acesso ao aborto nos EUA/O Globo (03.08)

“O presidente Joe Biden assinou, nesta quarta-feira, um segundo decreto executivo como parte dos esforços do governo para melhorar o acesso aos serviços de aborto nos EUA. A ação ocorre um dia após os eleitores do Kansas rejeitarem uma emenda à Constituição estadual que especificaria que as mulheres não têm direito à prática, representando uma grande vitória para os defensores do aborto legal poucas semanas após a decisão da Suprema Corte de revogar o direito constitucional ao procedimento.”

Pelosi deixa Taiwan, e China mobiliza Exército para exercícios perto da ilha/O Globo (03.08)

“Assim que a presidente da Câmara dos Estados Unidos, a democrata Nancy Pelosi, deixou Taiwan nesta quarta-feira, concluindo uma visita que enfureceu Pequim, o Exército chinês anunciou a mobilização de aeronaves e navios, ao que tudo indica para uma série de exercícios militares previstos para ocorrerem desta quinta a domingo muito perto da costa taiwanesa, no que o governo local denunciou ser um “bloqueio aéreo e naval”.”

Irã e EUA retomam negociações em nova tentativa de salvar acordo nuclear/O Globo (03.08)

“Diplomatas dos EUA, da Europa e do Irã devem retornar a Viena após meses de impasse para outra tentativa de salvar o acordo sobre o programa nuclear iraniano, assinado em 2015.”

Ortega aumenta cerco a imprensa na Nicarágua, e jornal retira profissionais do país/Folha (03.08)

“O principal jornal da Nicarágua foi obrigado a retirar clandestinamente todos os seus funcionários do país devido à intensificação do cerco contra a liberdade de expressão promovido pelo regime do ditador Daniel Ortega.”

Premiê do Peru renuncia, e Castillo nomeará 5º gabinete em 1 ano em meio a crise/Folha (03.08)

“Em pouco mais de um ano no poder, o presidente do Peru, Pedro Castillo, disse que espera nomear seu quinto gabinete nesta sexta-feira (5). A mudança foi forçada depois de o premiê Aníbal Torres apresentar sua renúncia do posto na quarta (3), alegando “motivos pessoais”.”

Quinta-Feira, 4 de agosto de 2022

Violência do Clã do Golfo marca início do governo Petro na Colômbia/O Globo (04.08)

“Gustavo Petro recebe um país em chamas. As Autodefesas Gatinanistas da Colômbia (AGC ou Clã do Golfo, como o Estado colombiano as denomina) lançaram no último mês um plano impossível de ser contido para atacar policiais. Pelo menos 36 morreram este ano, a maioria durante o mês de julho. Eles são atacados em plena luz do dia, em criminosos em motos. Muitas das vítimas estavam apenas começando suas carreiras na instituição. Um “plano pistola”, como é conhecida a ordem de um grupo armado para assassinar sistematicamente membros da força pública. A expressão é conhecida na Colômbia já que não é a primeira vez que a tática é colocada em prática, mas agora acontece pouco antes do início de um novo governo, que abriu as portas para uma possível aproximação com todas as organizações armadas, em seu compromisso de “paz total”.”

Estados Unidos declaram emergência de saúde pública para a varíola dos macacos/CNN (04.08)

“O governo Biden declarou, nesta quinta-feira (4), a varíola dos macacos uma emergência de saúde pública, com casos aumentando nos EUA.”

Governo dos EUA denuncia 4 policiais pela morte de Breonna Taylor/Folha (04.08)

“O Departamento de Justiça dos EUA apresentou denúncias, nesta quinta-feira (4), contra quatro policiais e ex-agentes pela morte a tiros, em 2020, de Breonna Taylor, em uma operação em seu apartamento, em Louisville (Kentucky). O caso se tornou um dos símbolos do movimento antirracista e contra a violência de forças de segurança nos EUA.”

Polícia sitia bispo crítico de Ortega, em meio a cruzada contra opositores na Nicarágua/O Globo (04.08)

“Membros das forças de segurança da Nicarágua impediram o bispo Rolando Álvarez de deixar a casa paroquial nesta quinta-feira para presidir uma missa por ocasião de uma “cruzada de orações” realizada pela Igreja, após o fechamento de vários meios de comunicação católicos e denúncias de perseguição.”

Venezuela condena ex-deputado a prisão por suposto atentado a Maduro/Folha (04.08)

“Um tribunal da Venezuela condenou o ex-deputado Juan Requenses e outras 16 pessoas a penas de 5 a 30 anos de prisão por participação em suposto atentado fracassado contra o ditador Nicolás Maduro, em 2018.”

Sexta-Feira, 5 de agosto de 2022

China dispara mísseis sobre Taiwan pela primeira vez e aumenta tensão na região/CNN (05.08)

“A China disse que disparou mísseis sobre a ilha de Taiwan pela primeira vez nesta sexta-feira (5), aumentando as tensões na região no momento em que a presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, chegou ao Japão, cujos líderes protestaram contra Pequim depois que cinco projéteis caíram perto das ilhas japonesas.”

China suspende diálogo militar e negociação contra crise do clima com EUA/Folha (05.08)

“Pequim anunciou nesta sexta-feira (5) que suspenderá o diálogo militar e a negociação com os EUA em diversas áreas, entre elas a de combate à emergência climática, em resposta à recente visita da deputada democrata Nancy Pelosi à ilha de Taiwan.”

Após condenação de Griner, Lavrov diz que Rússia está pronta para discutir troca de prisioneiros/O Globo (05.08)

“Um dia depois da condenação da jogadora de basquete americana Brittney Griner a nove anos de prisão por tráfico de drogas, o governo da Rússia disse que está disposto a negociar uma troca de prisioneiros com os Estados Unidos. A condenação, chamada de “inaceitável” pelo presidente Joe Biden, se tornou mais um ponto de atrito entre Washington e Moscou, no momento em que a guerra na Ucrânia virtualmente congelou as relações bilaterais.”

Congresso do Peru barra ida de Castillo à posse de Gustavo Petro na Colômbia/Folha (05.08)

“Em mais um episódio da crise política no Peru, o Congresso do país negou autorização para que o presidente Pedro Castillo participe da cerimônia de posse de Gustavo Petro na Colômbia no próximo domingo (7).”