Política, Cultura e Economia na Fundação Podemos: Agosto – Edição 1

Quinzenalmente, postamos análises políticas, sociais, culturais e econômicas produzidas por grandes pensadores do Brasil e do mundo e veiculadas nos principais meios de comunicação.

Nesta edição, divulgamos: Ana Carolina Evangelista sobre os símbolos, os fatos e os medos durante a corrida presidencial; Daniel Zovatto acerca dos desafios dos governos de esquerda na América Latina; Christine Lehnen relembra a história do Festival de Cinema de Veneza; Augusto Valente realiza uma retrospectiva da história de Caetano Veloso; Denis Coitinho discute o paradoxo entre liberalismo e perfeccionismo; matéria d’O Globo discute os efeitos das guerras às drogas; Bushra Seddique conta como escapou do Talibã após a tomada de poder no Afeganistão; e Ana Clara Costa reconta a história da Jovem Pan e seus atuais vínculos com o governo e o bolsonarismo.

SÍMBOLOS, FATOS E MEDOS/Revista Piauí (01/08)

A cientista política Ana Carolina Evangelista mobiliza as ideias de símbolos e medos para realizar uma análise sobre o período eleitoral e a corrida presidencial.

Quais são as oportunidades e os desafios da esquerda na América Latina após a posse de Petro na Colômbia/O Globo (06.08)

Daniel Zovatto, diretor regional para a América Latina e o Caribe do IDEA Internacional, analisa os desafios dos governos de esquerda na América Latina.

O dia em que Goebbels abriu o Festival de Cinema de Veneza/DW (06.08)

Christine Lehnen relembra a história do Festival de Cinema de Veneza, desde a sua criação até o período em que ele foi aparelhado pelo regime fascista. 

Caetano Veloso, camaleão da música popular, faz 80 anos/DW (07.08)

Augusto Valente realiza uma retrospectiva da história de Caetano Veloso, que completou 80 anos este mês. 

Pluralismo de valores e bem comum/Estado da Arte (09.08)

Denis Coitinho discute o paradoxo entre liberalismo e perfeccionismo, utilizando como exemplo as medidas de contenção da Covid-19 para demonstrar que o Estado pode – ou até mesmo deve – incentivar virtudes privadas.

Apelo de presidente da Colômbia por mudança em tratados de drogas reforça debate mundial/O Globo (14.08)

Matéria d’O Globo discute os efeitos das guerras às drogas, o paradigma atual, e as limitações para contornar políticas proibicionistas.

I SMUGGLED MY LAPTOP PAST THE TALIBAN SO I COULD WRITE THIS STORY/The Atlantic (15.08)

Bushra Seddique conta como escapou do Talibã após a tomada de poder no Afeganistão.

A JOVEM PAN E O GOLPE/Revista Piauí (Agosto)

Ana Clara Costa reconta a história da Jovem Pan e seus atuais vínculos com o governo e o bolsonarismo.

Autor: Heloísa Cristina Ribeiro

Heloísa Cristina Ribeiro é bacharel em Ciências e Humanidades e Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Federal do ABC. Foi membro do Grupo de Estudos do Sul Global (GESG/UFABC), do comitê Gestor de Direitos Humanos da UFABC e atuou como Diretora de Assuntos LGBT do Diretório Central dos Estudantes na mesma instituição. Atualmente integra o time de Estudos e Pesquisas da Fundação Podemos.

Esse conteúdo não representa, necessariamente, a opinião da Fundação Podemos.