Clipping Internacional (16/04 – 20/04)

Neste clipping, reunimos as principais notícias internacionais da semana: milhares protestam contra a extrema direita em 30 cidades na França na reta final do segundo turno; Presidente peruano propõe castração química para estupradores de menores; Procurador francês investiga Le Pen após relatório da UE com denúncias de fraude; Deputados do Chile rejeitam projetos de saque de fundos de pensões em primeiro teste legislativo de Boric; Justiça britânica autoriza extradição de Julian Assange para os Estados Unidos; e mais.

Sábado, 16 de abril de 2022

Milhares protestam contra a extrema direita em 30 cidades na França na reta final do segundo turno/O Globo (16.04)

PARIS — Milhares de manifestantes contra a extrema direita marcharam pela França neste sábado, enquanto os oponentes da candidata Marine Le Pen buscam formar uma frente unida para impedi-la de vencer o segundo turno contra Emmanuel Macron, marcado para 24 de abril.

Após sanções, Rússia proíbe entrada no país de primeiro-ministro Boris Johnson e altos funcionários do Reino Unido/O Globo (16.04)

MOSCOU — O governo da Rússia decidiu proibir a entrada do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e de altos funcionários do governo britânico no país. A medida divulgada neste sábado é uma resposta às sanções impostas pelo país europeu por causa da invasão  da Ucrânia, inciada em 24 de fevereiro. Em comunicado, Moscou afirmou que Londres está “estrangulando a economia doméstica” da Rússia ao fazer campanha para isolar o país internacionalmente.

Domingo, 17 de abril de 2022

Rússia exige rendição em Mariupol; Ucrânia diz que ‘lutará até o fim’/UOL (17.04)

No 53º dia de guerra, a Rússia exigiu a rendição dos soldados ucranianos que resistem em Mariupol e se comprometeu a poupar as vidas daqueles que abaixarem as armas. Mesmo após o horário limite para o ultimato, o primeiro-ministro da Ucrânia afirma que as forças armadas ‘lutarão até o fim’.

Presidente peruano propõe castração química para estupradores de menores/Carta Capital (17.04)

O presidente do Peru, Pedro Castillo, anunciou neste sábado (16) que seu governo está avaliando medidas drásticas, como a aplicação da castração química obrigatória para os estupradores de menores de idade, adolescentes e mulheres, tal como já acontece em outros países do mundo.

Segunda-Feira, 18 de abril de 2022

Argentina quer restabelecer relações plenas com Venezuela/Carta Capital (18.04)

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou que se propõe a restabelecer relações diplomáticas plenas com a Venezuela e pediu aos demais países latino-americanos que ajam de forma semelhante, em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira com o colega equatoriano, Guillermo Lasso.”

Procurador francês investiga Le Pen após relatório da UE com denúncias de fraude/O Globo (18.04)

PARIS — A promotoria de Paris abriu uma investigação relacionada às alegações de que a líder nacionalista Marine Le Pen e vários membros de seu partido usaram indevidamente centenas de milhares de euros de fundos da União Europeia entre 2004 e 2017, quando ela era membro do Parlamento Europeu. A informação surge a menos de uma semana da eleição presidencial francesa, na qual ela enfrenta o atual presidente francês, Emmanuel Macron, no segundo turno.

Ataque da Rússia abre batalha decisiva da guerra, diz Ucrânia/Folha (18.04)

A batalha que pode decidir o rumo da Guerra da Ucrânia começou na madrugada desta segunda (18), segundo o governo em Kiev. “Podemos afirmar que as forças russas começaram a batalha pelo Donbass, para a qual estão se preparando por um bom tempo”, disse o presidente Volodimir Zelenski.

Crescentes tensões em Jerusalém e crises internas na coalizão testam o governo de Naftali Bennett/O Globo (18.04)

JERUSALÉM — Após confrontos que deixaram mais de 170 feridos em Jerusalém, e diante de uma ameaça de debandada na frágil coalizão de governo, o premier israelense, Naftali Bennett, tem diante de si talvez a mais grave crise desde sua chegada ao poder, no ano passado. Ao mesmo tempo, países árabes intensificam a pressão sobre as autoridades de Israel, e a violência dos últimos dias será discutida no Conselho de Segurança da ONU.

Terça-Feira, 19 de abril de 2022

Deputados do Chile rejeitam projetos de saque de fundos de pensões em primeiro teste legislativo de Boric/O Globo (19.04)

SANTIAGO — Os dois projetos de lei — um apresentado por deputados, outro pelo governo de Gabriel Boric — que permitiriam que os chilenos fizessem um quinto saque de seus fundos de pensão foram rejeitados pela Câmara dos Deputados na noite de segunda-feira. Os projetos se diferenciavam pela autorização concedida: enquanto, na versão dos deputados, quem fizesse os saques poderia gastá-los como bem entendesse, a proposta do governo atrelava os saques ao pagamento de dívidas.

Rússia confirma início de nova fase da guerra e lança ataques no Leste da Ucrânia/O Globo (19.04)

O Exército russo atacou nesta terça-feira dezenas de alvos na região do Donbass, a área no Leste da Ucrânia onde estão os autoproclamados territórios separatistas pró-Moscou, horas após o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, informar que a Rússia lançou uma nova etapa de sua ofensiva militar, para a qual se preparava há semanas. Um dos conselheiros do governo de Kiev também acusou os russos de usarem bombas anti-bunker em ações contra uma siderúrgica em Mariupol onde centenas de civis estão abrigados, e é um dos focos de resistência das forças locais.

México aprova nacionalização do lítio, em vitória para presidente López Obrador/O Globo (19.04)

CIDADE DO MÉXICO — O Senado mexicano aprovou nesta terça-feira mudanças na lei de mineração para nacionalizar as reservas de lítio do país, um dia depois que a medida foi debatida e aprovada pela Câmara dos Deputados.

China anuncia acordo com Ilhas Salomão que permite trânsito de tropas de Pequim no Pacífico/Folha (19.04)

A China anunciou nesta terça (19) a assinatura de um acordo de segurança com as Ilhas Salomão, país na região do Pacífico Sul, próximo à Austrália e à Nova Zelândia. O tratado elevou as preocupações em torno da circulação de tropas chinesas na região e das ambições militares de Pequim no quintal australiano.

Quarta-Feira, 20 de abril de 2022

Justiça britânica autoriza extradição de Julian Assange para os Estados Unidos/O Globo (20.04)

LONDRES — A Justiça britânica emitiu nesta quarta-feira, dia 20, a ordem formal que autoriza a extradição do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, aos Estados Unidos para ser julgado por espionagem devido à publicação de milhares de documentos secretos a partir de 2010.

Macron extingue corpo diplomático em reforma administrativa às vésperas do segundo turno/Estadão (20.04)

PARIS – Na reta final do segundo turno da eleição francesa, o presidente Emmanuel Macron decidiu extinguir a estrutura da carreira diplomática na França, como parte de uma reforma administrativa. A medida foi criticada por diplomatas e pela maioria da classe política, especialmente por Marine Le Pen, sua adversária no domingo.

Ucrânia se prepara para retirar cidadãos de Mariupol, cidade atacada pelas tropas russas/Estadão (20.04)

No 56º dia de guerra, a Ucrânia espera enviar cerca de noventa ônibus para Mariupol, no sul do país, nesta quarta-feira, 20, para retirar cerca de 6 mil mulheres, crianças e idosos. O comunicado foi feito pelo prefeito de Mariupol, Vadim Boichenko, à televisão nacional.