Clipping Internacional (10/09 – 16/09)

Neste clipping, reunimos as principais notícias internacionais da semana: Charles 3º é proclamado rei em ato transmitido na TV pela 1ª vez; Ucrânia desliga maior usina nuclear da Europa em meio a ofensiva contra a Rússia; Chile encaminha acordo para nova constituinte após derrota de Carta em plebiscito; Europa dá sinal verde para sanções ambientais; EUA criam fundo na Suíça para administrar reservas afegãs sem os talibãs; Bukele anuncia que concorrerá à reeleição, proibida pela Constituição de El Salvador; e mais.

Sábado, 10 de setembro de 2022

Argentina registra novos atos em apoio a Cristina Kirchner após ataque/Folha (10.09)

“A capital argentina registrou neste sábado (10) dois atos em apoio a Cristina Kirchner, devido ao ataque perpetrado por um cidadão brasileiro que tentou disparar uma arma contra o rosto da vice-presidente no último dia 1º, em frente a sua casa.”

Charles 3º é proclamado rei em ato transmitido na TV pela 1ª vez, mas com toque medieval/Folha (10.09)

“Charles 3º, 73, foi proclamado novo rei na manhã deste sábado (10), em cerimônia no palácio de Saint James, em Londres. A proclamação foi lida pouco depois das 10h no horário local (6h em Brasília), em um evento transmitido na TV pela primeira vez na história. “Se a véspera foi de luto e tristeza por todo o Reino Unido, hoje foi o dia em que a nação ergueu novamente a cabeça com orgulho”, resumiu um apresentador.”

Domingo, 11 de setembro de 2022

Continuando avanços, Ucrânia diz ter recuperado 3 mil km² em contraofensiva no Nordeste/O Globo (11.09)

“As forças ucranianas afirmaram neste domingo terem reconquistado mais de 3 mil km² quadrados desde o início do mês, continuando sua veloz ofensiva no Nordeste do país. O governo do presidente Volodymyr Zelensky disse ter retomado vários pontos estratégicos na região, enquanto os russos afirmam que fazem recuos estratégicos para concentrar seus esforços na frente em Donetsk, mais ao sul.”

Ucrânia desliga maior usina nuclear da Europa em meio a ofensiva contra a Rússia/Folha (11.09)

“Ponto estratégico e de tensão recente na Guerra da Ucrânia, a usina nuclear de Zaporíjia, a maior da Europa, foi desligada por razões de segurança. A estrutura tem provocado temores devido ao potencial de catástrofe radioativa em decorrência do conflito, que completou 200 dias neste domingo (11).”

Boric inicia busca por presos políticos desaparecidos durante ditadura no Chile/O Globo (11.09)

“O presidente do Chile, Gabriel Boric, anunciou neste domingo o lançamento do plano de busca de detentos desaparecidos durante a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990). O golpe de Estado no Chile completou hoje 49 anos.”

Segunda-Feira, 12 de setembro de 2022

Chile encaminha acordo para nova constituinte após derrota de Carta em plebiscito/Folha (12.09)

“Em reunião na tarde desta segunda-feira (12), líderes partidários e das principais bancadas do Congresso chileno avançaram em um acordo sobre como se dará o próximo processo constituinte, depois da derrota de uma proposta de nova Carta em plebiscito no último dia 4.”

Human Rights Watch acusa Egito de prejudicar ambientalistas a poucas semanas da COP27/O Globo (12.09)

“A ONG Human Rights Watch (HRW) acusou o governo do Egito de impor “obstáculos” ao trabalho dos grupos ecologistas locais, a poucas semanas da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP27), que acontecerá em novembro no país.”

Vítimas de escravidão moderna chegam a 50 milhões no mundo, diz ONU/Folha (12.09)

“A escravidão moderna cresceu no mundo nos últimos anos —estimulada por crises como a pandemia, os conflitos armados e as mudanças climáticas— e atingiu 50 milhões de pessoas em 2021, informou a ONU nesta segunda-feira (12). Mulheres, meninas e imigrantes são os grupos mais afetados.”

Rússia lança mísseis contra Kharkiv em resposta ao avanço da Ucrânia/Estadão (12.09)

“Os militares ucranianos disseram nesta segunda-feira, 12, que ganharam mais terreno contra as forças russas no último dia, sugerindo que um avanço relâmpago no nordeste da Ucrânia ainda tem espaço para acontecer. Ao mesmo tempo, as forças russas em retirada retaliaram a região com ataques de mísseis de longo alcance e ataques aéreos, segundo autoridades ucranianas e americanas.”

Terça-Feira, 13 de setembro de 2022

Maduro aceita pedido de Petro para Venezuela ser garantidora de diálogo com última guerrilha ativa na Colômbia/O Globo (13.09)

“O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, pediu à Venezuela que se junte à lista de garantidores das futuras negociações de paz com o Exército de Libertação Nacional (ELN) — a última em atividade no país após a desmobilização das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), em 2017 —, proposta que Caracas aceitou oficialmente nesta terça-feira, segundo anúncios dos dois governos.”

Argentina prende 3ª suspeita de envolvimento em ataque contra Cristina Kirchner/Folha (13.09)

“A polícia argentina prendeu uma amiga de Brenda Uliarte, namorada do brasileiro que tentou atirar na vice-presidente Cristina Kirchner, na terceira detenção relacionada ao caso, afirmou a imprensa argentina nesta terça-feira (13).”

Hungria exigirá que mulheres que desejam fazer um aborto ouçam primeiro batimentos cardíacos do feto/O Globo (13.09)

“As mulheres grávidas que desejam fazer um aborto na Hungria terão que ser confrontadas com as “funções vitais” do feto, de acordo com um decreto publicado na segunda-feira. O decreto, assinado pelo ministro do Interior, Sandor Pinter, entrará em vigor na quinta-feira e é considerado um sinal do aperto das regras para poder abortar, em linha com a retórica ultraconservadora do primeiro-ministro Viktor Orbán. O aborto na Hungria é legal desde a década de 1950, na maioria dos casos até a 12ª semana de gravidez.”

Em derrota do Brasil, Europa dá sinal verde para sanções ambientais/UOL (13.09)

“O Parlamento Europeu aprovou nesta terça-feira, pela primeira vez, uma resolução que estabelece que uma espécie de regime de sanções comerciais seja aplicado contra o Brasil por conta do desmatamento. A medida é uma dura derrota diplomática do governo de Jair Bolsonaro.”

Quarta-Feira, 14 de setembro de 2022

EUA criam fundo na Suíça para administrar reservas afegãs sem os talibãs/O Globo (14.09)

“O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira a criação de um fundo na Suíça para administrar US$ 3,5 bilhões das reservas em dólares do Banco Central do Afeganistão, congeladas pelos americanos desde que o Talibã voltou ao poder, em agosto de 2021. O bloqueio do dinheiro, que, somado a outras sanções, chega a equivaler a um terço do PIB afegão de 2020, levou à paralisação da economia do país da Ásia Central, que enfrenta uma forte crise humanitária.”

Senador dos EUA propõe veto nacional ao aborto mirando influência do tema na eleição/Folha (14.09)

“É uma proposta que já nasce quase enterrada: as chances são mínimas de avançar no Senado dos Estados Unidos, hoje controlado pelo Partido Democrata, um projeto para proibir em todo o país abortos após 15 semanas de gestação, proposto nesta terça (13) pelo republicano Lindsey Graham.”

França anuncia ajuda para 12 milhões de famílias pagarem gás e luz/O Globo (14.09)

“A primeira-ministra da França, Élisabeth Borne, anunciou nesta quarta-feira uma série de medidas para enfrentar os impactos do aumento dos preços da energia, sobretudo na população mais vulnerável. Entre elas, está a concessão de um auxílio único de € 100 a € 200 até o fim do ano, que atenderá cerca de 12 milhões de famílias. A política terá um custo de € 1,8 bilhão para os cofres públicos, valor já incluído no Orçamento de 2022.”

Quinta-Feira, 15 de setembro de 2022

Justiça acusa brasileiro e namorada de tentativa de homicídio contra Cristina Kirchner/Folha (15.09)

“A juíza María Eugenia Capuchetti determinou nesta quinta-feira (15) a prisão preventiva de Fernando Andrés Sabag Montiel e de sua namorada, Brenda Uliarte, devido ao ataque contra a vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner. Ambos já estavam presos, mas sem a oficialização do caráter preventivo –que, por lei, pode durar até dois anos.”

Impasse adia negociações para nova Constituinte chilena, e Piñera troca farpas com Boric/O Globo (15.09)

“O ex-presidente do Chile, Sebastián Piñera, acusou na quarta-feira seu sucessor, Gabriel Boric, de “dedicar tempo demais” a uma nova Constituição às custas das “preocupações do povo”. Rebatidas pelo atual governo, as declarações do político conservador deram um novo capítulo às disputas sobre os próximos passos após o rechaço à proposta constitucional no plebiscito do último dia 4.”

Biden negocia, evita greve ferroviária e diz que preservou ‘dignidade’ dos trabalhadores/O Globo (15.09)

“Sindicatos e empresas de transporte ferroviário chegaram, com a ajuda do governo americano, a um acordo para evitar o que seria uma greve catastrófica no setor. A decisão, que ainda precisa ser referendada pelos trabalhadores, foi celebrada pelo presidente Joe Biden, que tenta evitar uma derrota nas eleições legislativas de novembro, e cujos números de aprovação dão alguns sinais de alta.”

Parlamento Europeu rebaixa status da Hungria para ‘autocracia eleitoral’/Folha (15.09)

“O Parlamento Europeu aprovou nesta quinta-feira (15) uma resolução que condena os danos à democracia na Hungria e classifica o governo do nacionalista ultraconservador Viktor Orbán de “autocracia eleitoral”. A decisão, ainda que não seja vinculante, pressiona o bloco europeu para cortar programas de financiamento para o país.”

Erdogan reforça dualidade da Turquia na Guerra da Ucrânia mirando crises internas/Folha (15.09)

“A estratégia recente e cada vez mais reforçada de Recep Tayyip Erdogan lembra uma máxima de “O Poderoso Chefão”, quando o mafioso Michael Corleone de Al Pacino diz ter aprendido com o pai a manter os amigos por perto, mas os inimigos ainda mais. Nos últimos meses, o presidente da Turquia tem apertado a mão de líderes aliados e se aproximado de países vistos antes como adversários.”

Sexta-Feira, 16 de setembro de 2022

Justiça dos EUA nomeia perito independente para revisar documentos apreendidos na mansão de Trump/O Globo (16.09)

“Em mais um capítulo da disputa judicial sobre os documentos oficiais apreendidos no início de agosto na mansão na Flórida do ex-presidente dos EUA Donald Trump, agora a Justiça determinou a nomeação de um perito independente para revisar as centenas de papéis.”

Corpos em vala comum na Ucrânia acirram guerra de versões e remetem a Butcha/Folha (16.09)

“A descoberta de centenas de corpos não identificados em uma área próxima à cidade de Izium, retomada pela Ucrânia, acirrou as acusações de Kiev sobre crimes de guerra cometidos pela Rússia e reviveu a batalha de versões entre os dois lados do conflito.”

Bukele anuncia que concorrerá à reeleição, proibida pela Constituição de El Salvador/O Globo (16.09)

“O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, anunciou na noite de quinta-feira que buscará a reeleição nas eleições de 2024, o que não está previsto na Constituição do país centro-americano. A decisão só foi possível depois de os novos magistrados da Câmara Constitucional do Supremo Tribunal de Justiça, nomeados pelo presidente, terem permitido a reeleição, até então proibida, em setembro do ano passado.”

Entenda as entrelinhas do encontro entre Xi e Putin/Folha (16.09)

“As reportagens dando conta da primeira viagem internacional de Xi Jinping em dois anos estavam corretas. Nesta semana, o líder da China deixou o país rumo a uma turnê pela Ásia Central.”

Autor: Heloísa Cristina Ribeiro

Heloísa Cristina Ribeiro é bacharel em Ciências e Humanidades e Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Federal do ABC. Foi membro do Grupo de Estudos do Sul Global (GESG/UFABC), do comitê Gestor de Direitos Humanos da UFABC e atuou como Diretora de Assuntos LGBT do Diretório Central dos Estudantes na mesma instituição. Atualmente integra o time de Estudos e Pesquisas da Fundação Podemos.

Esse conteúdo não representa, necessariamente, a opinião da Fundação Podemos.