Clipping Internacional (09/04 – 14/04)

Neste clipping, reunimos as principais notícias internacionais da semana: UE debaterá apoio à acusação de crimes de guerra na Ucrânia com promotor do TPI; Macron e Le Pen vão reeditar segundo turno nas presidenciais francesas; López Obrador triunfa em referendo revogatório no México e descarta reeleição; Ucrânia diz investigar se Rússia usou armas químicas em Mariupol; Biden anuncia envio de mais US$ 800 milhões em ajuda militar à Ucrânia; inflação, alimentada pela guerra, provoca queda da popularidade de Biden em ano eleitoral; e mais.

Sábado, 09 de abril de 2022

UE debaterá apoio à acusação de crimes de guerra na Ucrânia com promotor do TPI/Carta Capital (09.04)

A União Europeia (UE) vai debater sobre o apoio do bloco à investigação de possíveis crimes de guerra cometidos na Ucrânia com o promotor do Tribunal Penal Internacional (TPI) nos próximos dias, informou a Comissão Europeia neste sábado (9).

Domingo, 10 de abril de 2022

Macron e Le Pen vão reeditar segundo turno nas presidenciais francesas/Correio Braziliense (10.04)

Paris, França | A França reviverá um segundo turno entre o centrista Emmanuel Macron e a ultradireitista Marine Le Pen, os dois candidatos mais votados no primeiro turno das eleições presidenciais deste domingo (10), com uma vantagem maior do que o esperado a favor do presidente.

China rejeita acusações ‘infundadas’ dos EUA por confinamento em Xangai/UOL (10.04)

A China qualificou hoje de “acusações infundadas” as críticas dos Estados Unidos à sua política contra a covid-19, depois que, devido ao confinamento imposto em Xangai, Washington decidiu deixar parte de seu pessoal partir desta metrópole.

Segunda-Feira, 11 de abril de 2022

Macron tem o desafio de mobilizar a esquerda contra a extrema direita em segundo turno mais acirrado do que em 2017/O Globo (11.04)

Assim como em 2017, Emmanuel Macron ficou em primeiro lugar e enfrentará Marine Le Pen no segundo turno das eleições presidenciais da França. Se, há cinco anos, o caminho do atual presidente no pleito decisivo foi relativamente tranquilo e ele conseguiu atrair 66,10% dos votos válidos, dessa vez o desafio é bem mais significativo, e uma vitória da candidata da extrema direita não é impossível.

Rússia entra em ‘calote seletivo’ da dívida externa, o 1º desde a Revolução de 1917/O Globo (11.04)

MOSCOU — A agência de classificação de risco S&P cortou a nota de crédito da Rússia para “calote seletivo” no fim de semana, após o país não ter honrado o pagamento de títulos de sua dívida externa na semana passada. É o primeiro calote externo do país desde a Revolução de 1917, quando os bolcheviques não reconheceram a dívida do período czarista.

Líder de milícia pró-Rússia anuncia tomada do porto de Mariupol/UOL (11.04)

As milícias pró-Rússia tomaram o porto da cidade de Mariupol, na Ucrânia, no Mar de Azov, informou nesta segunda-feira o líder da separatista “República Popular de Donetsk”, Denis Pushilin.

López Obrador triunfa em referendo revogatório no México e descarta reeleição/Carta Capital (11.04)

O presidente Andrés Manuel López Obrador governará o México até 2024, após a vitória em um referendo da opção que defendia sua continuidade no cargo, apesar da baixa participação.

Terça-Feira, 12 de abril de 2022

Projeto da futura Constituição determina que Chile seja um ‘Estado social’/O Globo (12.04)

SANTIAGO — O Chile vai se considerar “um Estado social”, segundo o projeto da Constituição que substituirá a atual Carta Magna, herdada da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990) e que delega ao Estado um “papel subsidiário”. Publicado nesta terça-feira pela Convenção Constitucional, o artigo 1º da futura lei fundamental  diz que o “Chile é um Estado de direito social e democrático. É multinacional, intercultural e ecológico”.

Ucrânia diz investigar se Rússia usou armas químicas em Mariupol/UOL (12.04)

A Ucrânia está checando informações não verificadas de que a Rússia pode ter usado armas químicas enquanto sitiava a cidade portuária de Mariupol, no sul da Ucrânia, disse a vice-ministra da Defesa da Ucrânia, Hanna Malyar, nesta terça-feira.

Crise climática está afetando as chuvas em furacões, diz estudo/CNN (12.04)

As chuvas de furacões durante a mortal e recorde temporada de 2020 foram até 11% mais intensas por causa da crise climática causada pelo homem, relataram cientistas nesta terça-feira (12).

Ataque a tiros em metrô deixa ao menos 23 feridos em Nova York; 5 estão em estado crítico/O Globo (12.04)

NOVA YORK — Um atirador usando uma máscara de gás e um colete da construção civil detonou nesta terça-feira duas granadas de fumaça e fez ao menos 33 disparos dentro de um vagão do metrô de Nova York por volta de 8h30, horário de maior movimento no transporte. O ataque na estação da Rua 36, no bairro Sunset Park, na região do Brooklyn, deixou ao menos 23 feridos, incluindo 10 a bala e o restante pela inalação da fumaça e pelo tumulto causado pela tentativa de fuga dos passageiros. Cinco vítimas estão em estado crítico, mas estável, segundo a polícia.

Quarta-Feira, 13 de abril de 2022

Manifestantes exigem do governo argentino providências contra o desemprego e a fome/O Globo (13.04)

Milhares de manifestantes marcharam nesta quarta-feira (13) até o palácio do governo para exigir empregos ao presidente Alberto Fernández. Os protestos também tinham como objetivo uma maior assistência do Estado em planos sociais e alimentação, em meio a uma inflação anual projetada em 60%.

Projeto da nova Constituição chilena prevê a substituição do Senado por uma câmara regional/O Globo (13.04)

SANTIAGO — O Senado do Chile deixará de existir e, em seu lugar, será criada uma câmara regional “paritária e plurinacional”, de acordo com um artigo aprovado na quarta-feira pela Convenção Constitucional encarregada de redigir um anteprojeto da nova Carta Magna do país, que será submetido a um referendo em setembro.

Macron abre 10 pontos de vantagem sobre Le Pen em pesquisa para eleição na França/Folha (13.04)

A cerca de dez dias do segundo turno da eleição presidencial da França, o presidente e candidato Emmanuel Macron abriu dez pontos de vantagem sobre a ultradireitista Marine Le Pen. Segundo a pesquisa Ipsos Sopra Steria divulgada nesta quarta-feira (13), o mandatário tem 55% das intenções, contra 45% de sua rival, considerando os votos válidos.

Biden anuncia envio de mais US$ 800 milhões em ajuda militar à Ucrânia/CNN (13.04)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse a seu colega ucraniano nesta quarta-feira (13) que enviará US$ 800 milhões adicionais em armas, munições e outras assistências de segurança.

Suspeito de ataque no metrô de Nova York é detido pela polícia/G1 (13.04)

A polícia de Nova York prendeu nesta quarta-feira (13) Frank James, de 62 anos, suspeito do ataque dentro de uma estação de metrô na véspera, disse o prefeito da cidade, Eric Adams (veja mais no vídeo acima).

Finlândia e Suécia indicam planos para se unir à Otan, em mudança histórica de posição/O Globo (13.04)

ESTOCOLMO — Finlândia e Suécia, dois países nórdicos que historicamente se mantêm neutros militarmente, sem integrar alianças militares, deram fortes pistas nesta quarta-feira de que planejam se unir à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no futuro próximo, em uma mudança histórica de posicionamento.

Quinta-Feira, 14 de abril de 2022

Inflação, alimentada pela guerra, provoca queda da popularidade de Biden em ano eleitoral/O Globo (14.04)

A cerca de sete meses de eleições que podem moldar o restante de seu mandato, o presidente americano Joe Biden se vê em um momento crítico: no exterior, a guerra da Ucrânia testa sua capacidade de liderança no cenário internacional; dentro do país, apesar da economia em recuperação e o desemprego em queda livre, a inflação chegou ao maior patamar em décadas, resultado também do conflito no Leste Europeu.

Mais três palestinos são mortos na Cisjordânia após operações militares israelenses/O Globo (14.04)

TEL AVIV — Três palestinos foram mortos nesta quinta-feira na Cisjordânia, onde Israel vem realizando “operações antiterroristas” há uma semana, após uma série de ataques sangrentos no coração da capital israelense, Tel Aviv.

Reino Unido mandará para Ruanda imigrantes que entrarem de modo ilegal no país/Folha (14.04)

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta quinta-feira (14) uma das políticas de imigração mais controversas de sua gestão até aqui. O governo vai enviar imigrantes que entram no país de forma ilegal para buscar asilo em Ruanda, país a 7.000 quilômetros de distância, no centro do continente africano, e que tem o 160º pior índice de desenvolvimento humano do mundo.

Comissão que apura abusos sexuais na Igreja Católica em Portugal aponta ocultação de casos/Folha (14.04)

A comissão independente que investiga a ocorrência de abusos sexuais contra menores na Igreja Católica em Portugal confirmou ter encontrado indícios de ocultação de casos por parte da hierarquia clerical.