Clipping Internacional (07/05 – 13/05)

Neste clipping, reunimos as principais notícias internacionais da semana: Irlanda do Norte terá 1º partido nacionalista no poder em mais de 100 anos; Países do G7 se comprometem a deixar de importar petróleo russo; Filho de ditador Ferdinand Marcos é eleito presidente das Filipinas com enorme vantagem; Cartel de traficantes paralisa parte da Colômbia em plena campanha à Presidência; Ucrânia suspende fluxo de parte das exportações russas de gás para a Europa; Finlândia pede para entrar na Otan, e Rússia ameaça com retaliação; Polícia de Israel reprime palestinos durante funeral de repórter da al-Jazeera; e mais.

Sábado, 7 de maio de 2022

Vazamento de rascunho expõe deterioração da imagem da Suprema Corte dos EUA/Folha (07.05)

“”Atrás de mim está a mais alta corte do país. Mas estamos aqui hoje em um de seus momentos mais baixos, em que uma maioria de direita, ilegítima, está disposta a tirar um direito constitucional”, discursou o senador Ed Markey, democrata de Massachusetts, na frente da Suprema Corte dos EUA, na terça (3).”

Presidente francês Macron toma posse para um segundo mandato/Carta Capital (07.05)

“O presidente francês, Emmanuel Macron, foi empossado neste sábado 7 em uma cerimônia sóbria, mas simbólica, no Palácio do Eliseu, durante a qual insistiu na necessidade de “agir”, poucos dias antes do início de seu segundo mandato.”

Irlanda do Norte terá 1º partido nacionalista no poder em mais de 100 anos/Folha (07.05)

“A Irlanda do Norte assiste neste sábado (7) àquilo que analistas locais descreviam como uma mudança sísmica no país. O Sinn Féin, antigo braço político do Exército Republicano Irlandês (IRA), conquistou a maior fatia da Assembleia regional e, assim, tornou-se a principal força política da nação de 1,9 milhão de habitantes.”

Domingo, 8 de maio de 2022

Ataque russo a escola na Ucrânia causou 60 mortes, diz Zelensky/G1 (08.05)

“O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse neste domingo (8) que cerca de 60 pessoas morreram vítimas de um ataque russo a uma escola em Bilohorivka, na região de Luhansk.”

Países do G7 se comprometem a deixar de importar petróleo russo/Carta Capital (08.05)

“O G7 dos principais países industrializados “comprometeu-se a proibir ou eliminar gradualmente as importações de petróleo russo”, informou a Casa Branca neste domingo 8.”

Guerra da Ucrânia faz Suécia e Finlândia enfrentarem demônio de entrar na Otan/Folha (08.05)

“Entre os diversos abalos sísmicos decorrentes da Guerra da Ucrânia, um dos mais sensíveis politicamente atinge a Escandinávia, onde Suécia e Finlândia discutem abandonar uma neutralidade militar histórica e se unir à Otan, a aliança comandada pelos Estados Unidos.”

Segunda-Feira, 9 de maio de 2022

Novo motim em presídio no Equador deixa ao menos 43 mortos/Folha (09.05)

“Ao menos 43 presos morreram nesta segunda (9) em novo confronto entre facções criminosas no Equador. Desta vez, o incidente ocorreu na prisão de Bellavista, em Santo Domingo de los Tsachilas, a cerca de 80 km de Quito. Há pouco mais de um mês, conflito semelhante deixou 20 detentos mortos.”

Filho de ditador Ferdinand Marcos é eleito presidente das Filipinas com enorme vantagem/O Globo (09.05)

“Após 36 anos da deposição do corrupto e violento ditador filipino Ferdinand Marcos, seu filho, Ferdinand Marcos Jr., deve ser eleito presidente do país nesta segunda-feira, com uma enorme margem de vantagem sobre a segunda colocada.”

Presidente do México anuncia contratação de mais de 500 médicos cubanos/O Globo (09.05)

“CIDADE DO MÉXICO — O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, anunciou nesta segunda-feira que o México contratará mais de 500 médicos cubanos para compensar a falta de profissionais de saúde em seu país. Ele também elogiou o líder cubano, Miguel Díaz-Canel, e reiterou seu desejo de que a ilha caribenha seja convidada para a Cúpula das Américas, em junho.”

Primeiro-ministro do Sri Lanka renuncia após confrontos violentos/Carta Capital (09.05)

“O primeiro-ministro do Sri Lanka, Mahinda Rajapaksa, renunciou nesta segunda-feira (9) – anunciou seu porta-voz, após a sequência de confrontos violentos entre seus simpatizantes e manifestantes contra o governo.”

Terça-Feira, 10 de maio de 2022

Cartel de traficantes paralisa parte da Colômbia em plena campanha à Presidência/O Globo (10.05)

“BOGOTÁ — O presidente Iván Duque parecia satisfeito. O Exército acabara de capturar Otoniel, o líder do Clã do Golfo, estrutura paramilitar dedicada ao narcotráfico. Duque até assegurou que a ação marcava “o fim” do grupo armado. A realidade, porém, tem sido bem diferente. Somente nos últimos quatro dias, o grupo foi responsável pelo assassinato de 26 pessoas, incluindo dois agentes da polícia. Houve outras 37 tentativas de homicídio contra civis e forças públicas. As imagens mais espetaculares foram produzidas pelos criminosos, com a queima de 118 carros e a paralisação de 54 linhas de transporte.”

Ditador de Belarus manda militares para fronteira com a Ucrânia/Metrópoles (10.05)

“Belarus anunciou que enviará tropas de operações especiais para três áreas de fronteira com a Ucrânia. Segundo o país, essa é uma resposta à “ameaça crescente” dos Estados Unidos e de seus aliados.”

Putin se prepara para guerra prolongada na Ucrânia, diz chefe de espionagem dos EUA/G1 (10.05)

“Os Estados Unidos acreditam que o presidente russo, Vladimir Putin, está se preparando para um longo conflito na Ucrânia e uma vitória russa em Donbass, no leste do país, pode não encerrar a guerra, disse a diretora de Inteligência Nacional dos EUA, Avril Haines, nesta terça-feira (10).”

Mortes por armas de fogo registram aumento histórico nos EUA em 2020/O Globo (10.05)

“WASHINGTON — Os EUA registraram em 2020, no primeiro ano da pandemia da Covid-19 e em meio a um tenso processo eleitoral, o maior número de mortes por armas de fogo em 25 anos, um cenário considerado pelo Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) como “um problema de saúde pública persistente e significativo”.”

Quarta-Feira, 11 de maio de 2022

Fracassa tentativa de transformar direito ao aborto em lei/DW (11.05)

“Uma tentativa dos congressistas democratas de transformar o direito ao aborto em lei, ao proteger a decisão histórica da Suprema Corte no caso conhecido como Roe vs. Wade, fracassou no Senado dos Estados Unidos nesta quarta-feira (11/05), após ser bloqueada pelos republicanos.”

Investigação dos EUA descobre mais de 500 crianças indígenas mortas em internatos do governo entre 1819 e 1969/O Globo (11.05)

“WASHINGTON — Uma investigação inicial encomendada pela secretária do Interior dos EUA, Deb Haaland, listou algumas das condições brutais que as crianças indígenas sofreram em mais de 400 internatos que o governo federal as obrigou a frequentar entre 1819 e 1969. A investigação — que descobriu mais de 500 crianças mortas sob tutela das escolas no período — foi um passo inicial, disse Haaland, para abordar o “trauma intergeracional” que a política deixou para trás.”

Mortes por overdose de drogas batem recorde nos EUA em 2021/Folha (11.05)

“O número de mortes por overdose de drogas nos Estados Unidos bateu recorde no ano passado, segundo dados apresentados pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, na sigla em inglês) nesta quarta-feira (11).”

Ucrânia suspende fluxo de parte das exportações russas de gás para a Europa/CNN (11.05)

“A Ucrânia suspenderá algumas das exportações de gás russo para a Europa que fluem em gasodutos pelo país devido a interrupções nos principais pontos de trânsito, disse o operador do sistema de transmissão de gás do país (GSTOU) em comunicado na terça-feira (10).”

Israel e palestinos trocam acusações sobre morte de jornalista da al-Jazeera; EUA e UE cobram investigação independente/O Globo (11.05)

“JENIN — Autoridades israelenses e palestinas trocaram acusações sobre quem matou nesta quarta-feira Shireen Abu Akleh, uma conhecida jornalista palestina da emissora al-Jazeera que fora atingida por tiros enquanto cobria uma operação do Exército de Israel no campo de refugiados de Jenin, na Cisjordânia.”

Quinta-Feira, 12 de maio de 2022

Finlândia pede para entrar na Otan, e Rússia ameaça com retaliação/Folha (12.05)

“​Em uma decisão histórica, o governo da Finlândia anunciou nesta quinta-feira (12) que vai pedir “sem demora” a entrada do país nórdico na Otan, a aliança militar de 30 membros liderada pelos Estados Unidos. A Rússia, cuja ofensiva contra a Ucrânia motivou a iniciativa, prometeu retaliação contra o vizinho.”

Rússia impõe sanções ligadas a abastecimento de gás para a Europa e crise energética no continente se aprofunda/O Globo (12.05)

“BERLIM — A pressão na Europa em busca de fontes alternativas de fornecimento de gás aumentou nesta quinta-feira, após Moscou impor sanções contra subsidiárias europeias da estatal energética russa Gazprom e a Ucrânia interromper os fluxos em uma rota de trânsito de gás, elevando os preços do combustível.”

Promotores federais abrem investigação sobre forma como Trump lidou com documentos oficiais no final do mandato/O Globo (12.05)

“WASHINGTON — Promotores federais dos EUA deram início a uma investigação sobre denúncias de que Donald Trump teria usado de forma indevida documentos confidenciais do governo americano, que foram levados para a residência do ex-presidente no estado da Flórida.”

Sexta-Feira, 13 de maio de 2022

Rússia cortará fornecimento de eletricidade à Finlândia a partir de sábado/UOL (13.05)

“A Rússia vai suspender o fornecimento de eletricidade à Finlândia neste sábado (14) – anunciou a empresa importadora, em um momento de crescente tensão bilateral, devido à aproximação do país nórdico da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), na esteira da ofensiva russa na Ucrânia”

Suécia indica adesão à Otan; Turquia, país-membro, se diz contra/Estadão (13.05)

˜Governo sueco apresentou relatório ao Parlamento defendendo pedido de ingresso no bloco nesta sexta-feira, 13, mesmo dia em que presidente turco se tornou primeiro aliado a se opor à adesão das nações europeias˜

Polícia de Israel reprime palestinos durante funeral de repórter da al-Jazeera; na Cisjordânia, policial israelense é morto/O Globo (13.05)

“JERUSALÉM — A polícia de Israel reprimiu com golpes de cassetetes e bombas de efeito moral integrantes de uma multidão que participava em Jerusalém Oriental, nesta sexta-feira, do funeral da repórter da al-Jazeera Shireen Abu Akleh, morta por um disparo na cabeça quando cobria uma operação militar israelense na Cisjordânia há dois dias. Ainda hoje, em um incidente separado, um policial israelense morreu e 13 palestinos ficaram feridos em nova operação na Cisjordânia ocupada.”