Clipping Internacional (07/01 – 13/01)

Neste clipping, reunimos as principais notícias internacionais da semana: Líder republicano é eleito presidente da Câmara nos EUA; Rússia retoma ofensivas na Ucrânia após 36 horas de cessar-fogo; Ministro extremista de Israel proíbe bandeiras palestinas em público; Promotoria do Peru anuncia investigação contra presidente por genocídio após 47 mortes em protestos; Organização dos Estados Americanos condena ‘mobilização fascista’ no Brasil; Rússia anuncia conquista de cidade na Ucrânia e abre crise com mercenários; e mais.

Sábado, 7 de janeiro de 2023

Petro e Maduro realizam reunião ‘ampla e muito frutífera’ na Venezuela/O Globo (07.01)

“O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, teve um encontro inesperado em Caracas neste sábado com seu homólogo venezuelano, Nicolás Maduro, dias após a reabertura total da fronteira entre os dois países e o anúncio de uma trégua fracassada com a guerrilha colombiana Exército de Libertação Nacional (ELN).”

Líder republicano é eleito presidente da Câmara nos EUA/Poder360 (07.01)

“O líder do Partido Republicano, Kevin McCarthy, venceu as eleições para presidente da Câmara dos EUA na madrugada deste sábado (7.jan.2023). Foram necessárias 15 rodadas de votações para que o deputado representante do 20º distrito da Califórnia fosse escolhido.”

Irã executa mais dois manifestantes envolvidos em protestos contra regime/Folha (07.01)

“O Irã executou neste sábado (7) mais duas sentenças de morte contra participantes da onda de protestos que se espalha pelo país desde o ano passado. Mohammad Mehdi Karami, 22, e Seyyed Mohammad Hosseini, 39, haviam sido condenados por assassinar um membro da Basij, milícia voluntária afiliada à Guarda Revolucionária iraniana.”

Domingo, 8 de janeiro de 2023

Líderes políticos internacionais repudiam invasão de terroristas bolsonaristas em Brasília/G1 (08.01)

“Líderes políticos internacionais usaram criticaram a invasão de terroristas bolsonaristas ao Congresso Nacional, ao Palácio do Planalto e ao Supremo Tribunal Federal (STF) neste domingo (8). Veja a repercussão:”

Biden chega ao México com proposta de imigração e busca deter os estragos do narcotráfico/Carta Capital (08.01)

“O presidente americano, Joe Biden, chega ao México, neste domingo 8, com uma proposta para aliviar a crise migratória -seu calcanhar de Aquiles- e a urgência de conter as consequências do tráfico de drogas nos Estados Unidos.”

Rússia retoma ofensivas na Ucrânia após 36 horas de cessar-fogo/G1 (08.01)

“O bombardeio russo de regiões no leste da Ucrânia matou pelo menos duas pessoas, disseram autoridades locais neste domingo (8), depois que Moscou encerrou um autodeclarado cessar-fogo de Natal e prometeu continuar com o combate até alcançar uma vitória sobre seu vizinho.”

Segunda-Feira, 9 de janeiro de 2023

Biden, Trudeau e López Obrador condenam ‘ataques à democracia’ no Brasil em cúpula no México/O Globo (09.01)

“O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, seu homólogo mexicano, Andrés Manuel López Orador, e o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, condenaram o ataque por partidários radicais do ex-presidente Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto, ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso Nacional no domingo, de acordo com um comunicado conjunto divulgado nesta segunda-feira pelo México.”

Visto usado por Bolsonaro nos EUA não é mais válido, diz porta-voz/Veja (09.01)“O visto de chefe de Estado usado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para entrar nos Estados Unidos deixa de valer quando a pessoa perde o cargo, afirmou nesta segunda-feira, 9, o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price. Se não procurar o governo americano em até 30 dias para mudar a categoria do visto, Bolsonaro ficaria em situação irregular, podendo até ser deportado ao Brasil.”

Ministro extremista de Israel proíbe bandeiras palestinas em público/Folha (09.01)

“O novo ministro da Segurança Nacional de Israel, Itamar Ben-Gvir, afirmou neste domingo (8) que orientou a polícia do país a proibir o hasteamento de bandeiras palestinas em público.”

Boric e Petro exigem reunião da OEA sobre tentativa de golpe por extremistas de direita em Brasília/O Globo (09.01)

“Em um encontro em Santiago, os presidentes de Chile, Gabriel Boric, e Colômbia, Gustavo Petro, expressaram sua solidariedade e apoio firme ao governo brasileiro, chefiado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e declararam seu categórico repúdio à invasão dos Três Poderes por extremistas de direita.”

Terça-Feira, 10 de janeiro de 2023

Protestos que pedem eleição e soltura de ex-presidente deixam 17 mortos no Peru/BBC (10.01)

“Pelo menos 17 pessoas morreram na segunda-feira (9/1) no Peru, durante confrontos entre a polícia e manifestantes, que exigiam a convocação de novas eleições e a libertação do ex-presidente deposto Pedro Castillo.”

Vice-presidente da Colômbia denuncia suposto plano de ataque em via que leva à sua casa/O Globo (10.01)

“A vice-presidente da Colômbia, Francia Márquez, denunciou na manhã desta terça-feira que sua equipe de segurança encontrou “um artefato com mais de 7 quilos de material explosivo” na estrada que leva à sua casa no povoado de Yolombó, no município de Suarez, Cauca. A suposta tentativa de atentado ocorreu em meio à retomada das negociações de paz do governo com o Exército de Libertação Nacional (ELN), a última guerrilha ativa no país, e outros grupos armados.”

Biden se diz surpreso com caso de documentos sigilosos, e Casa Branca reitera colaboração/Folha (10.01)

“O presidente dos EUA, Joe Biden, disse nesta terça (10) ter ficado surpreso com a descoberta, em um escritório particular, de documentos sigilosos do período em que foi vice de Barack Obama (2009-2017).”

Últimos oito anos foram os mais quentes até hoje, diz órgão europeu/UOL (10.01)

“As temperaturas no mundo em 2022 ficaram 1,2ºC acima dos níveis pré-industriais (1850-1900), de acordo com um relatório divulgado nesta terça-feira (10) pelo Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus, programa de observação da Terra da União Europeia.”

Promotoria do Peru anuncia investigação contra presidente por genocídio após 47 mortes em protestos/O Globo (10.01)

“A promotoria peruana informou na noite desta terça-feira que investigará a presidente Dina Boluarte pelos supostos crimes de “genocídio, homicídio qualificado e ferimentos graves” durante manifestações antigovernamentais nas regiões de Apurímac, La Libertad, Puno, Junín, Arequipa e Ayacucho, que deixaram pelo menos 47 mortos em um mês.”

Quarta-Feira, 11 de janeiro de 2023

Brasil é laboratório da extrema direita global, afirma historiador/Folha (11.01)

“O bolsonarismo é um fenômeno que faz parte de uma onda mundial de extrema direita, mas não somente: é produto de uma história nacional republicana que sempre flertou com os extremismos.”

Oceanos tiveram ano mais quente que se tem registro em 2022/Valor Econômico (11.01)

“O ano de 2022 foi o mais quente da história dos oceanos desde que este tipo de dado começou a ser compilado, na década de 1950, segundo estudo publicado na revista científica “Advances in Atmospheric Sciences”. É o quarto ano consecutivo com quebra de recorde da temperatura marítima.”

Desde destituição de Castillo, Peru tem mais mortes do que dias do novo governo: são 47 contra 33/O Globo (11.01)

“O dia começou com 18 caixões estacionados em frente ao hospital Carlos Monge Medrano, em Juliaca, na província de San Román, no Sul do Peru. Em meio ao horror pela morte dos 17 manifestantes e um policial na fatídica segunda-feira, 9 de janeiro, surgiu a solidariedade. Um grupo de funerárias doou caixões para que os parentes pudessem se despedir de seus entes queridos com dignidade. Não é por acaso que uma das funerárias se chama Luz Divina. Esse ato de humanidade brilhou diante da indolência sofrida no país andino desde que irromperam os protestos após o fracassado autogolpe de Pedro Castilho, hoje em prisão preventiva.”

Partido Conservador afasta parlamentar que comparou vacinação ao Holocausto/Folha (11.01)

“O Partido Conservador do Reino Unido anunciou nesta quarta (11) o afastamento do deputado Andrew Bridgen após ele compartilhar no Twitter uma série de afirmações falsas sobre vacinas contra a Covid.”

Câmara dos EUA aprova investigação sobre suposto aparelhamento no governo Biden/Folha (11.01)

“Com maioria republicana desde a posse do novo Legislativo, na semana passada, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou o início de investigações sobre supostos aparelhamento em agências federais no governo Joe Biden e irregularidades em transações financeiras envolvendo a família do presidente.”

Quinta-Feira, 12 de janeiro de 2023

Deputados dos EUA acionam Biden e pedem investigação do FBI sobre ataques em Brasília/Folha (12.01)

“Deputados americanos acionaram a Casa Branca para revogar o visto diplomático do ex-presidente do Brasil Jair Bolsonaro (PL), que está nos EUA desde o fim do ano passado, e pediram que o Departamento de Justiça responsabilize “quaisquer atores baseados na Flórida que possam ter financiado ou apoiado os crimes violentos de 8 de janeiro”, quando golpistas invadiram as sedes dos Três Poderes em Brasília.”

Assassinatos de ex-guerrilheiros das Farc deixam Acordo de Paz sob risco na Colômbia/O Globo (12.01)

“Carlos Marín, ex-guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e deputado, não exagera quando diz que os signatários da paz correm risco de extermínio, como aconteceu com a União Patriótica nos anos 1980 e início dos anos 1990. Segundo a ONU, desde 2016, quando o governo de Juan Manuel Santos e os guerrilheiros assinaram o acordo, 355 homens e mulheres que aceitaram o processo e concordaram em depor as armas foram mortos.”

Organização dos Estados Americanos condena ‘mobilização fascista’ no Brasil/G1 (12.01)

“A Organização dos Estados Americanos (OEA) condenou por unanimidade, nesta quarta-feira (11), os atos de “caráter fascista” no Brasil, em referência aos ataques de domingo às sedes dos Três Poderes em Brasília.”

Human Rights Watch denuncia cinismo de líderes ao ignorar direitos humanos em negociações/Folha (12.01)

“Se a Guerra da Ucrânia, o regime do Talibã no Afeganistão, o conflito armado na Etiópia e a perseguição a uigures na China são exemplos evidentes de violação de direitos humanos em 2022, a ONG Human Rights Watch diz que é igualmente importante pensar nos duplos padrões adotados por líderes democráticos.”

Sexta-Feira, 13 de janeiro de 2022

Rússia anuncia conquista de cidade na Ucrânia e abre crise com mercenários/Folha (13.01)

“O Ministério da Defesa russo anunciou nesta sexta (13) a tomada da estratégica de Soledar, em Donetsk, proporcionando um trampolim estratégico para tentar controlar toda a província no leste da Ucrânia.”

Publicada em: Última atualização:

Autor: Heloísa Cristina Ribeiro

Heloísa Cristina Ribeiro é bacharel em Ciências e Humanidades e Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Federal do ABC. Foi membro do Grupo de Estudos do Sul Global (GESG/UFABC), do comitê Gestor de Direitos Humanos da UFABC e atuou como Diretora de Assuntos LGBT do Diretório Central dos Estudantes na mesma instituição. Atualmente integra o time de Estudos e Pesquisas da Fundação Podemos.

Esse conteúdo não representa, necessariamente, a opinião da Fundação Podemos.

Newsletter
Quer saber mais sobre nossa atuação e ficar por dentro das novidades da Fundação? Assine nossa newsletter.
Enviar