A Resenha: O Livro dos Abraços

Fp 15 Artes A Resenha Fb 02 O Livro V2

O Livro dos Abraços, publicado pela primeira vez em 1989, é um convite generoso para sonhadores e aqueles que cultivam memórias. Escrito em forma de contos, é composto por textos curtos, que tocam o coração, fazem rir, chorar, olhar as pequenas coisas com mais leveza e amor.

Mais do que um livro de memórias pessoais, o Livro dos Abraços reconta a trajetória de uma região: a América Latina. Escrita por Eduardo Galeano, autor de “As Veias Abertas da América Latina” (1971), a obra à primeira vista trata de textos que não possuem conexão entre si, mas que no final contam uma história: a história do autor e a nossa história comum.

A memória coletiva e individual é o que guia a leitura do livro. Resgatando memórias pessoais e de colegas, o autor, que viveu no exílio na Espanha durante a ditadura cívico-militar de seu país natal, Uruguai, elabora textos de leitura leve, mas que, quando menos se espera, tocam nossa alma provocando um alvoroço de sentimentos.

Além dessas memórias, o livro é permeado por crenças tradicionais dos povos indígenas da América e da população tão diversa que habita nosso continente. Com uma enxurrada de sentimentos, a leitura rápida engana, pois apesar de curtos, os contos são “imensos”. É o tipo de obra que requer uma, duas, três ou quantas leituras forem necessárias para se entender o que se passou na vida do autor, da América e de nós mesmos.

Sobre o autor

“Um dos maiores nomes da literatura latino-americana, o escritor Eduardo Galeano nasceu em 3 de setembro de 1940, em Montevidéu, no Uruguai. O autor transcendeu as fronteiras dos gêneros literários e publicou ensaios, crônicas e poesias que mesclam ficção, análise política, história e jornalismo. No fim da década de 1960, tornou-se chefe de redação em um jornal semanal. No entanto, foi com o livro As veias abertas da América Latina que o autor ganhou projeção internacional, em 1971.

Por causa da obra, considerada uma das referências dos estudos políticos obrigatória em qualquer curso de ciência política, Galeano foi perseguido durante a ditadura militar no Uruguai. Em 1973, foi preso e exilou-se na Argentina. Três anos depois, com a ditadura no país, mudou-se para a Espanha, onde, em 1985, lançou o livro Memória do fogo. O escritor conquistou o Prêmio Internacional de Direitos Humanos, em 2006.”

Adquira o seu!

Site da Editora: L&PM

Preço médio (novo): R$ 54,90

Ficha Técnica

Título: O Livro dos Abraços

Título original: El Libro de los Abrazos

ISBN: 978-85-254-3406-7

Livro de bolso

Páginas: 272

Ano: 2016